Falar da minha aldeia é falar do mundo!!

“Mas todo o semeador semeia contra o presente. Semeia como vidente a seara do futuro, sem saber se o chão é duro e lhe recebe a semente.”
Canção do semeador, Miguel Torga, Nihil Sibi, 1948

Como todo o semeador, também eu semeio a seara do futuro… E nada melhor como começar no início do mês e no início da semana com um novo projeto!
Projeto este que me vai levar ao baú das recordações e memórias mais antigas e também as atividades e tradições mais recentes da minha aldeia. Que apesar de ser pequena em tamanho é grande no meu coração!
Foi desde criança que esta aldeia, cheia de recantos, tem feito de mim a mulher que sou hoje. E é lá que sempre encontro o sentido de paz e liberdade. Aldeia esta a que chamamos hoje de ALVITO DA BEIRA. Uma pequena aldeia do distrito de Castelo Branco, concelho de Proença-a-Nova.
Pequena! Sim!
Mas é na simplicidade que se vê toda a grandeza!

Espero que gostem!

Mónica Serrano